Foi diagnosticado recentemente pela sociedade brasileira de cardiologia, que a forma com que os pacientes encaram as emoções podem ocasionar aumento da pressão arterial e trazer sérias consequências no diagnóstico de um paciente.

Aumento da pressão arterial

Isso porque o acumulo de ressentimentos e pensamentos negativos, levam pacientes a estagnar, ou retroceder na evolução de seu tratamento. A meditação tem sido cada vez mais recomendada em consultórios médicos. A ideia é respaldada a mais de 100 estudos científicos que comprovam os benefícios da meditação para a saúde do coração. Perdão, altruísmo, compreensão, gratidão, ressentimento, mágoa previne o aumento da pressão arterial ou aumenta a chance de adoecimento. Meditar ajuda o paciente a ter uma visão plural da vida, enxergando ela com mais amplitude.

O que é recomendado?

As recomendações são aplicadas não só para prevenção das doenças cardíacas, mas também durante o tratamento para ajudar a reverter o problema. As pessoas que meditam tendem a ter a pressão arterial mais baixa, e a se ajustar melhor em situações difíceis. Quando você se silencia, você entende quem realmente você é. O amor aumenta, o perdão e aceitação cresce, consequentemente a mente fica mais calma e o coração também. Ver a vida com mais amplitude desacelera a mente, relaxa as células do corpo e ajuda no bem estar e saúde de um paciente.

Aprenda a meditar com a gente e colha os benefícios dessa prática que vem ganhando força cada vez mais em todo o mundo.

Clicando aqui você tem mais informações sobre os benefícios da meditação.

Entre em contato conosco pelo telefone  (11) 97971-3191 e agende seu horário, veja nossa programação aqui.